Livro-te: Por Treze Razões de Jay Asher (Opinião)


    A segunda temporada da série "13 Reasons Why" é lançada amanhã e para reavivar a história na minha cabeça decidi ler recentemente o livro, que estava na minha estante à espera de uma oportunidade para o ler, então juntei o útil ao agradável. A minha mais recente leitura foi o livro "Por Treze Razões" do autor Jay Asher, uma história do género young-adult


Título em Portugal: Por Treze Razões
Título Original: Thirteen Reasons Why
Autor(a): Jay Asher
Nº de Páginas: 232
Lançamento: 04/2017
Editora: Editorial Presença

Sinopse:
Se estás a ouvir isto, é porque é tarde de mais

    Não podes parar o futuro, nem voltar atrás ao passado. A única maneira de perceberes o mistério... é carregando no play. 

    Clay Jensen não quer ter nada a ver com as cassetes gravadas por Hannah Baker. Hannah está morta. Os seus segredos foram enterrados com ela. Mas a voz de Hannah diz a Clay que o nome dele está gravado naquelas cassetes e que ele é, em parte, responsável pela sua morte. 

    Clay ouve as gravações ao longo da noite. Ele segue as palavras gravadas de Hannah pela pequena cidade onde vive… e o que descobre muda a sua vida para sempre.
______________________________________________


    Tenho que referir que como já tinha visto a série primeiro, então esta história não foi nenhuma surpresa, primeiro que tudo acho que a adaptação foi muito bem feita e talvez (o que é raro para mim) até consiga superar o livro, mas no fundo acho que se completam muito bem.

    Das diferenças que mais notei foi talvez o personagem Clay do livro ser um jovem um pouco mais depressivo, o que confesso que me surpreendeu um pouco, sobretudo por ele neste livro pensar no seu próprio suicídio.

    Não me perguntem porquê porque não saberei explicar, mas a pessoa que mais odiei na série com todas as minhas forças foi a Courtney, neste livro acho que ela passa bem despercebida, sem grande graça a história com ela, sem muita importância no fundo, talvez tenha sido a personalidade da actriz da série que tenha criado estas emoções viscerais.

    Ao finalizar o livro, só posso dizer que o elenco da série foi muito bem escolhido, sobretudo no caso do Clay e da Hannah, acho que eles reflectem na perfeição o carácter das personagens do livro, captaram toda a essência de cada um.

    No entanto senti falta, acho que é aí que a série serve de complemento, foi da parte envolvida dos pais, neste livro ela é praticamente nula e acho que era essencial nesta história, ver o sofrimento dos pais, as responsabilidades que também eles tiveram, as situações que os levaram a serem tão "distraídos" e a reacção deles às cassetes, faltou isto tudo que só podemos ter com série.

    A história é viciante, verdadeiramente intensa, consumi-a num instante, queria sempre ler mais mesmo que estivesse a morrer de sono e tivesse que ir dormir. Uma excelente história young-adult que nos traz inúmeras reflexões necessárias e urgentes nos dias que correm, uma grande chamada da atenção para prestarmos mais atenção ao Outro, a quem nos rodeia, a sermos simpáticos, a interessar-nos pelo bem estar dos outros, sobretudo numa era das redes sociais, onde podemos sofrer ou ofender alguém num segundo, o ódio propaga-se muito mais facilmente, se o bulliyng já era algo bastante preocupante, o cyberbullying não lhe fica nada atrás. Temos que ter noção que os nossos actos podem de facto destruir vidas!!! 

Mais um item cumprido do desafio literário a que me propus neste ano Ano Literário + Desafio




Boas leituras! =)



Share:

24 comentários

  1. Oi Tiago, tudo bem?
    Aqui no Brasil o livro teve nome de "Os Treze Porquês". E confesso que ainda não li, apenas vi a série
    Blog Entrelinhas

    ResponderEliminar
  2. Comecei primeiro pelo livro e depois vi a série. E também sinto que acabam por se complementar. Gostei de ambos, mas, confesso, estava à espera de um pouco mais de coerência. Acho que os dois formatos são extremamente importantes para alertar para questões como o suicídio e o bullying, mas sinto que alguns aspetos careceram de uma informação mais consolidada, passando-me a ideia de que certas atitudes poderiam muito bem ter sido evitadas. Claro que a maior parte das reações da Hannah aconteceram pelo acumular de várias situações, e não por atos isolados, mas senti algum exagero.

    ResponderEliminar
  3. Ahhhh, não sabia que tinham relançado o livro com uma capa da série, que interessante! Nunca li o livro, mas assisti a série e lembro que na época eu gostei bastante, também acho que a presença dos pais foi essencial, deixou a série mais real, né? Adorei a resenha!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderEliminar
  4. Oii! :)
    Ah, esse livro está na minha lista faz um bom tempo! Eu até comecei a assistir a série, mas não consegui terminar. Não sou o tipo que consegue acompanhar essas coisas hahaha... Mas gostei bastante do pouco que conheci da história e espero ler logo!

    Beijos
    www.ventodoleste.com.br

    ResponderEliminar
  5. Oi, Tiago!

    Esse livro traz muitas reflexões e possui um tema bem forte. Curiosa pra saber como vão fazer essa segunda temporada!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  6. Também li o livro, mas foi na época da 1ª temporada. Achei a série bastante superior por desenvolver melhor os personagens e mostrar o lado de todos os envolvidos, já o livro só diz as opiniões de Hanna e Clay...
    Também senti falta da parte dos pais da Hanna =/
    Ótima resenha!

    ResponderEliminar
  7. Oi Tiago, tudo bem? Puxa, vc acabou de me lembrar de que eu preciso ler o livro. Vi a série assim que lançou na Netflix e amei, foi bem impactante pra mim! Fico feliz em saber que as duas obras se complementam!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderEliminar
  8. Eu não li o livro, mas comecei a ver a série. Tô no comecinho da primeira temporada mesmo, mas tô gostando.

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderEliminar
  9. Oi, Thiago
    Antes de lançar a série eu tinha muito interesse em conferir a obra, mas depois de todo o hype da Netflix, eu meio que perdi a vontade. Hoje em dia nem assisti e nem li o livro e não sinto mais interesse, infelizmente.

    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderEliminar
  10. Oi, Tiago. Tudo bom?
    Tanto o livro quanto a série nunca foram de meu interesse, mas acho que o livro peca menos em algumas coisas do que a adaptação.
    Que bom que a leitura te agradou.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderEliminar
  11. Sinceramente é um livro que já não me puxa à atenção , talvez por ter sido tão falado , acho que perdi um pouco o interesse .
    Mas confesso que acho a história muito interessante :)
    O Olhar da Marina

    ResponderEliminar
  12. Oie,

    Ainda não cheguei a ler o livro, mas assisti a série e gostei da forma que foi abordada.
    Dizem que comparado ao livro a série ficou muito boa, então espero ler em breve.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  13. Oiii Tiago

    Eu gostei bastante desse livro, ele é impactante e bem conduzido, a gente vai lendo querendo descobrir as razões para o suicidio da Hanna. Eu lembro que o inicio é bem simples e os motivos bem leves então eu pensava: poxa, será que ela é morreu por causa de coisinhas? Mas conforme fui lendo a leitura vai ficando mais tensa, a gravidade ia aumentando e a gente vai ficando bem estarrecido, é legal mas ao mesmo tempo triste.

    Beijo

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderEliminar
  14. Também li e gostei! E senti o mesmo, acho que a série complementa muito bem o livro. Curiosa com a 2ª temporada. :P
    Beijinhos, The Fancy Cats | Japan Candy Box Giveaway

    ResponderEliminar
  15. Ainda não li o livro, mas como sou preguiçosa na leitura, devo provavelmente ver a serie...já estive várias vezes para a ver no Netflix ;)

    Gostei de saber que a série está muito bem em relação ao livro, o que nunca costuma acontecer :D

    Beijinho e bom fim de semana!
    https://demantanosofa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Oi Mrs. Margot, tudo bem?
    Já li muitos comentários tanto sobre o livro, quanto a série, mas ainda não me animei a conhecer a trama.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  17. Admito, tentei ver a serie que retrata a história deste livro mas.. não gostei muito! Talvez o livro seja mais interessante! :)
    Beijinho*
    http://www.fine-alchemy.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  18. NUNCA LEREI mesmo ciente de que pode ser muito melhor que aquela série HORROROSA .. personagens grotescos e desenvolvimento pifio, to fora! hahah

    https://clebereldridge.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  19. Oi, Tiago!
    Li esse livro numa época bem obscura da vida e ele me ajudou muito. Levo no peito pra vida!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderEliminar
  20. Olá,
    Eu também gostei da leitura e achei uma ótima adaptação. Se complementam bastante mesmo. Só estranhei a lerdeza do Clay pra ouvir as fitas, no livro é uma noite hahahaha

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderEliminar
  21. Olá, Tiago.
    Estou assistindo a segunda temporada. Eu li o livro tem alguns anos e infelizmente não gostei tanto. Eu tinha lido um livro sobre o assunto uns dias antes e foi tão melhor abordado que esse ficou aquém. Esse é um dos casos que preferi a série ao livro.

    Prefácio

    ResponderEliminar
  22. Nunca vi a série nem li os livros. Digamos que foi daquelas franchises que os media estragaram para mim.
    littlewonderlandxo.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Querido/a dê-me a sua opinião, ela é importante.