Livro-te: Terra de Espíritos de Jodi Picoult (Opinião)


    A minha mais recente leitura que teve o apoio da editora Bertrand, à qual agradeço toda a disponibilidade e por terem acedido ao meu pedido, foi o livro "Terra de Espíritos" da autora Jodi Picoult, um romance envolto em paranormal.


Título em Portugal: Terra de Espíritos
Título Original: Second Glance
Autor(a): Jodi Picoult
Nº de Páginas: 512
Lançamento: 07/07/2017
Editora: Bertrand
Sinopse:
    Numa pequena cidade do Vermont, uma parcela de terra é posta à venda levantando uma onda de protestos. Segundo os índios Abenaki, naquele terreno situa-se um ancestral cemitério índio. Para os acalmar, o investidor que ali pretende fazer um centro comercial contrata Ross Wakeman, um investigador do paranormal. Ross tentou o suicídio por diversas vezes, na esperança de se ir juntar a Aimee, a noiva que morrera oito anos antes. Mas após diversas noites a investigar, tudo o que Ross encontra é Lia Beaumont, uma mulher misteriosa que, tal como Ross, pretende desafiar as fronteiras que separam a vida da morte.

    Assim tem início uma extraordinária história de amor e de destino, marcada por um crime passional. Jodi Picoult centra-se numa parte obscura e pouco conhecida da história norte-americana, o projecto eugénico dos anos 30, para neste contexto explorar a maneira como as coisas voltam para nos assombrar - tanto literal como figurativamente.
________________________________________

    O livro traz-nos várias histórias de pessoas que têm os seus passados e presentes pautados pela dor, doença, perda e há mistérios por resolver, o principal é quem é o fantasma que assombra a propriedade dos Pike em Vermont e quais são os assuntos que o mesmo tem por resolver?
    Todas as personagens a determinada altura interligam-se umas com as outras, todas têm um elo de ligação sem se aperceberem e isso é já uma característica típica desta autora. 
    Ross perdeu a sua namorada e entrou num estado depressivo, perdido, questionando a sua existência e após várias tentativas, nunca conseguiu acabar com a sua própria vida e com o tempo começa a interessar-se pelo paranormal com o objectivo de encontrar o fantasma da sua namorada. Regressa a Vermont para casa da irmã, Shelly e é contratado por um investidor após vários acontecimentos estranhos sucessivos naquela propriedade, quando ele começa a entrar na história daquele fantasma tem que seguir até ao fim para descobrir as razões da sua morte e todos os segredos que levaram à mesma.
    Não me importo nada que uma leitura seja demorada desde que a mesma me seja prazerosa. Não foi o caso deste livro, para mim demorei uma eternidade, custou a engrenar no início e foi uma leitura muito lenta, difícil e deveras agridoce, houve alguns momentos que gostei mas no geral não me convenceu muito e deixou-me por vezes bastante confuso. 
    Já é o terceiro livro que leio da autora, as suas obras nunca são leituras fáceis, mas esta foi a que menos gostei, não senti empatia com nenhum personagem e uma das coisas que mais me perturbou foi a facilidade e leviandade com que a autora aborda o tema do suicídio, basicamente se não sabemos qual o propósito da nossa existência ou não conseguimos lidar com a dor e o sofrimento, a solução é tirar a própria vida? Em vez de ir à procura desse sentido? E não é só com um personagem que isso acontece e faz-me bastante confusão que se passe a mensagem que a auto-mutilação ou a morte sejam soluções normais.
    A parte que mais achei interessante no livro porque o conhecimento e o saber nunca são demais, foi as informações sobre a eugenia, que eu desconhecia por completo, e o quanto isso inspirou os nazistas e também saber um pouco mais sobre a cultura nativo americana. Também nos desperta algumas questões em relação à manipulação genética nos dias de hoje, no final a autora ainda nos deixa umas notas e uma bibliografia onde pudemos ir pesquisar e descobrir mais sobre esses assuntos, assim como sobre a doença de XP (xeroderma pigmentosum). 
    Em relação ao paranormal? Não me convenceu, sinceramente acho que existir um fantasma ou não foi pouco relevante para a história, tirando claro que foi o assunto principal durante o livro todo, saber o que aconteceu àquela pessoa, mas podia perfeitamente tratar-se de um livro mais policial sem essa parte do paranormal. 
    Estava à espera de mais e melhor, mas para quem gosta do tema acho que vale a pena.


Boas leituras! =)

Share:

17 comentários

  1. Pareceu-me um tanto denso, não? Interessante descobrir histórias assim!
    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderEliminar
  2. Acho que a parte do paranormal também não me convence...
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Thank you for this honest Review.
    I like that you rated it with stars.

    take a look at my BLOG and also my INSTAGRAM

    ResponderEliminar
  4. Uma ótima resenha, mais não gosto deste tipo de livro,
    obrigado pela visita , tenha uma semana abençoada.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  5. Olá! Não sou muito fã desse tipo de leitura, porque quando tinha uns 12 anos acabei lendo "Espíritos entre nós" e fiquei um pouco chocada hahah.
    Beijos,
    Meise Renata.
    viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  6. Não conhecia, mas vou tomar nota!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  7. Uma pena o filme não tê-lo agradado tanto. Gosto mais de leituras mais fluidas, acho que não me agradaria também não. Beijos
    Charme-se

    ResponderEliminar
  8. Amei a resenha, gosto muito desse tema mesmo que eu seja assustada por natureza haha
    Beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  9. Nossa, que livro mais conflitante esse... rsrs
    Eu sou como você, não ligo de demorar a ler um livro, desde que ele seja prazeroso... nada pior que ler um livro que detestamos... parece que se arrasta ainda mais... vira obrigação... :/
    Bjks!

    https://mundinhodahanna.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  10. nunca tinha lido o livro parece ser interessante!
    Beijinhos// Jéssica
    http://damselme.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Estava a achar bastante interessante, especialmente por falar dos índios americanos. Fico triste por dizeres que não é assim muito bom... :(

    ResponderEliminar
  12. A parte do paranormal também não me convence nada ...

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  13. OOi, adorei a resenha, ainda não conhecia o livro, mas gostei da capa e do enredo.
    Beijos boa semana
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  14. Eu gosto muito de livros com esta vertente paranormal, mas como não te convenceu, acho que vou passar :p
    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
  15. Ainda não li, mas já falar muito bem deste livro!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar

Querido/a dê-me a sua opinião, ela é importante.